Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Parabéns a Rosa Porcar que escreveu o seu primeiro poema em língua portuguesa. Esperemos que seja o primeiro de tantos outros futuros.

AMOR VERDADEIRO

Como rio sem água
Como dia sem luz
Sinto-me 
Quando não estás tu

Como noite sem estrelas
Como lua nova
Sinto-me
Quando não estás tu

Como bosque sem árvores
Como rosas sem cores
Sinto-me 
Quando não estás tu

Sem vida, nem morte 
Com o coração nas mãos
Fico
Quando não estás tu

Venho dizer-te que não tenho medo
O amor é forte
Quando é verdadeiro

Venho pedir-te que não tenhas medo
Nosso amor é intenso
Porque é verdadeiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário